Levantamento do Estadão mostra Brasil como terceiro país com mais Leões no Cannes Lions 2016

País recebeu 90 troféus, mais Agência do Ano, ficando atrás,
no geral, somente dos Estados Unidos e Reino Unido

 

De acordo com levantamento do Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade no Brasil, com informações da organização do evento, na edição deste ano, o Brasil ficou em terceiro lugar no total de Leões conquistados. Foram 90 troféus mais Agência do Ano à AlmapBBDO. Das 23 categorias, o Brasil só não recebeu Leões em Glass, Creative Effectiveness, Innovation, Film Craft e Titanium.

De acordo com os dados, este ano o País teve um total de 2.805 peças inscritas em Cannes Lions, Lions Health, Lions Innovation e Lions Entertainment. Houve queda de quase 10% em relação a 2015, quando Cannes recebeu 3.114 trabalhos brasileiros.

Dos 91 países que inscreveram peças, 61 levaram troféus para casa. Foram 43.101 trabalhos (novo recorde) e 1.360 Leões. A surpresa foi o total de peças inscritas pelos Estados Unidos, 9.702, muito acima de 2015, o que representou mais de 22% de todos os trabalhos julgados neste ano. O Reino Unido teve 3.214 peças inscritas.

Ao que parece, os resultados levaram em conta essa proporção, pois EUA tiveram 355 Leões, Reino Unido, 164, e Brasil, 90. Em seguida, na ordem, ficaram, no Top 10, Austrália (70), Alemanha (63), Nova Zelândia (57), França (55), Suécia (51), Japão (46) e Argentina (40). Esse foi, com poucas mudanças, quase o mesmo cenário no total de peças inscritas por país entre os dez que mais inscreveram: Alemanha, Austrália, França, Japão, Índia, Espanha e Canadá.